Anticorpos para enxaqueca 

A mais recente e avançada descoberta

As injeções para enxaqueca, conhecidas tecnicamente como anticorpos monoclonais ou Mabs (Monoclonal AntiBodyS), chegaram ao Brasil em fevereiro de 2020 e são aprovadas pela ANVISA. Elas são o PRIMEIRO tratamento específico para enxaqueca, ou seja, os pesquisadores desenvolveram um tratamento pensado nessa doença. Não foi uma descoberta acidental a sua atuação sobre a enxaqueca, como ocorreu com os antidepressivos, anticonvulsivantes, anti-hipertensivos e até mesmo com a toxina botulínica.

Como os anticorpos agem?

Antes de responder, precisamos falar de uma molécula chamada CGRP. Foi descoberta em 1982 pelos cientistas, mas foi em 1990 que descobriram sua importante relação com a enxaqueca. Desde então, testou-se como forma de bloquear essa molécula, visto que houve um fracasso na produção de comprimidos. No entanto, a produção de anticorpos que inativam a ação da CGRP se mostrou bem-sucedida. Os estudos têm observado que o CGRP possui uma função quase exclusiva de ser o causador da enxaqueca. Como não atua em outras funções no corpo, efeitos colaterais pelo bloqueio do CGRP são inexistentes.

 

 

Como a medicação fica conservada?

Os medicamentos anti-CGRP devem ser conservados entre 2 e 8º C. Não podem ser congelados pelo risco de perder o efeito. Por isso, na Clínica Modula Dor, essas medicações ficam conservadas em câmara de conservação própria de vacinas. Câmaras como essa contam com monitoramento 24h e acionamento remoto em casos de queda de energia.

 

Locais onde as moléculas de CGRP se encontram no cérebro. 

Câmara de conservação dos
anticorpos monoclonais

Aplicação do Erenumabe ou Fremanezumabe

Aplicação do Galcanezumabe

Como são as aplicações?

As aplicações dos anticorpos monoclonais se assemelham a uma “vacina”. Ao todo são 3 injeções disponíveis no mercado, sendo o Erenumabe e o Fremanezumabe com seringas e método de aplicação semelhantes. Já a aplicação do Galcanezumabe é um pouco diferente, a caneta tem um botão que dispara automaticamente a medicação. A Clínica Modula Dor realiza as aplicações dentro no nosso ambiente para melhor conforto e segurança do paciente.

Locais de aplicação: abdome, coxa ou braço e na região subcutânea

 

Quais são os efeitos colaterais?

A grande vantagem desse tratamento é praticamente a ausência de efeitos colaterais. As pesquisas mostram efeitos adversos no grupo que usou a injeção semelhante aos efeitos adversos no grupo que usou o placebo. Em resumo, nenhum efeito colateral importante foi relatado nas pesquisas.

 

Início de ação

Nas pesquisas, o grupo que recebeu o medicamento já iniciou os experimentos relacionados ao alívio já no dia seguinte à aplicação. É um ponto forte desse tratamento: a rapidez de início de ação.

À esquerda, o anticorpo bloqueando o receptor de CGRP (Erenumabe). À direita, o anticorpo bloqueando o CRGP livre na sinapse dos neurônios (Galcanezumabe e Fremanezumabe).